Ouça seus amigos e família. Eles te darão força e apoio



Não tenha medo de pedir o que você precisa.


Pedir ajuda e apoio é a coisa mais humana que você pode fazer. Vejo muito por aí familiares e grupos de amigos se reunirem em correntes de oração e formam grupos de apoio. Você também pode se mobilizar com seus familiares e amigos para formar grupos de apoio mútuo, isso é muito importante, pedir colaboração.


Procure todas as alternativas possíveis de apoio, nas mais diversas linhas de terapias complementares, e aconselho fortemente as terapias holísticas e principalmente hipnose. Se necessário medicamentos.


Não havendo outra alternativa, lembre-se da tua espiritualidade, não existe melhor apoio do que em oração e comunhão com Deus. Se agarre na bíblia, lembre-se ela é universal. Procure viver antenado no aqui e agora naturalmente sem exagero, ninguém é um pobre coitado por viver assim.

Ainda não recebe meus e-mails?!

Se cadastre agora no campo abaixo, e receba semanalmente meus e-mails com as matérias novas.

Se você já recebe meus e-mails, ótimo, continue acompanhando o Caminho da Superação que estou “destrinchando” aqui para você.

A depressão é um problema universal, já vem desde os primórdios. É um estado indesejável, mas que pode ser harmonizado. Não devemos ignorar a depressão ela é tratável, todos os seres humanos são vulneráveis a depressão, se não fosse assim você não a teria. Você não é seus pensamentos depressivos, você é um ser humano com muitos valores e virtudes, porém com pensamentos e sentimentos negativos que podem ser superados. Quem sabe só falta este reconhecimento. Percebe?


Pensamentos de desamparado, sem esperança, sem valor, são comuns de passarem na cabeça da pessoa deprimida. Estes tipos de pensamentos são pensamentos exagerados e irracionais, distorcidos e geram grande sofrimento. Em terapia a pessoa é ensinada a identificar e monitorar as suas distorções e o modo de perceber e interpretar a si mesmo, a separar-se dos pensamentos e sentimentos negativos e substitui-las por formas mais assertivas de pensar e raciocinar.


Reconhecer e corrigir o pensamento depressivo são “remédios” que se sobressaem para a superação da depressão. Este método é utilizado na Terapia Holística, e muito além disso, a terapia da reprogramação do subconsciente daquilo que está gravado lá e que causam os sofrimentos. São práticas que uso muito com meus clientes que sofrem de depressão, com resultados rápidos e eficientes.


Quando alguém da família adoece, o primeiro e mais importante de todos os passos é descobrir e reconhecer que a depressão existe. Muitos ignoram isso e não aceitam, ou tentam não dar a devida importância. Dê importância, mesmo que seja confundida com tristeza ou melancolia, pois a tristeza e a melancolia também precisam ser tratadas, caso contrário, facilmente se transformam em estados depressivos.


Dialoguem com a pessoa, muitas vezes o simples fato de dialogar liberta a pessoa, “A liberação está na fala”. Preste atenção às queixas da pessoa. Preste atenção se alguém da família reflete um comportamento estranho. Fale com a pessoa para descobrir as causas. Converse com seu pai, com a mãe, com o filho.


É preciso viver ligado, atento, praticando a consciência do momento presente. “Isso é um alerta”. Só assim percebemos em tempo os males que estão afligindo alguém da família e, em tempo tomar as devidas providências para eliminar o mal, superar essa temível doença que produz muito danos ao cérebro. Levar a pessoa ao lado lúdico da vida, da alegria e, do bom humor.


Se necessário buscar um apoio, jamais se deve subestimar a doença, como se fosse um sinal de “fingimento”, “fraqueza”, ou “mania” para chamar atenção. E se está tendo estes comportamentos, também já é sinal que algo não está certo. De vez que temos que dar apoio.


É necessário acompanhar o deprimido, fazer o possível e o impossível, em todas as instâncias no tratamento. Deitar e levantar deve ter hora marcada; sair do quarto escuro; caminhar; apanhar sol; exercícios físicos; atividades lúdicas; relacionamentos, encontrar amigos; ouvir música; fazer terapias; alongamentos. Tudo exige força de vontade e dedicação, não só da pessoa que está em fase de recuperação e tratamento, mas principalmente dos familiares e dos grupos de apoio, atentos aos cuidados necessários.


O apoio moral, a simplificação do problema, o carinho, a ternura, a atenção que o doente tanto precisa para sentir-se amado e permitir a superação e a harmonização são ingredientes indispensáveis que a família e o grupo de apoio devem proporcionar.


É neste momento que a pessoa mais precisa do pai, da mãe, cônjuge, irmãos, filhos, amigos e pessoas queridas. Mas, cuidado, sem exageros, a pessoa deve ser tratada normalmente, com incentivos e dignidade, nunca com dó e pena, com sentimentos de piedade pela infelicidade da pessoa. Ninguém é um coitadinho por estar passando por uma tristeza profunda ou depressão. Os sofrimentos não são malignos. Os sofrimentos são lições que a alma tem de assimilar, com espírito de fortaleza e evolução. Os maiores feitos da humanidade foram feitos nos momentos de sofrimento e de dor, não no momento de alegria e quando tudo estava maravilhosamente bem.


Temos que ajudar, dar apoio a pessoa a utilizar sua força interior. A maioria das pessoas, segundo estudos não usam nem 5% de sua força interior. Então podemos usar mais essa força interior que existe dentro de cada um de nós por natureza e ajudar a vencer o mal e superar definitivamente. Não está escrito em lugar nenhum que nascemos para sofrer e muito menos que a depressão tem que voltar mesmo sabendo que ela tem altos e baixos, isso todas as pessoas tem. É hora de se libertar, principalmente de certas crenças e limitações que sabotam a alegria de viver.


Devemos estimular a pessoa depressiva a assumir a sua parte na recuperação, assumir proativamente seu processo de harmonização, traçando o próprio caminho. Mesmo deprimido deve investir em si mesmo, sentir a sua importância. Amar é ajudar, dar apoio; o amor aquece o coração. Somos importantes para a pessoa, ela é importante. Amar-se, ser forte e capaz.


Vamos refletir?


Se você tivesse, ou se você pudesse adquirir ferramentas psicológicas para superar a depressão, e para prevenir a depressão de voltar, você estaria disposto a experimentá-las?

Ou, qual caminho prazeroso você acha que pode trilhar que lhe traga de volta a alegria de viver e se sentir satisfeito?


Você pode, busque, tenha vontade!


A abordagem terapêutica holística e hipnose é um dos melhores, mais rápidos e eficazes para quem não tem obtido as melhorias desejadas com outras formas diferentes de tratamento.


Para obter mais informações sobre as formas de terapia você pode estar encaminhando um e-mail para mim alicefollmann@bol.com.br terei o maior prazer em te ajudar e solucionar a sua dúvida.

Faço atendimento On-line via Skype, para agendar entre em contato através do número (45) 9156-3614, cel e whats.

Ainda não recebe meus e-mails?!

Se cadastre agora no campo abaixo, e receba semanalmente meus e-mails com as matérias novas.

Se você já recebe meus e-mails, ótimo, continue acompanhando o Caminho da Superação que estou “destrinchando” aqui para você.

Comente e Compartilhe abaixo:

Profissional de Terapia Holística, Parapsicóloga Alice Follmann

Sou palestrante, parapsicóloga...

Sobre Alice Follmann
Receba atualizações

Você receberá um e-mail para confirmação!

Posts Destacados
Posts Recentes
Siga
  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
  • YouTube - Black Circle
Procure pelos Tags
EbooK Gratuito Em busca da vida 4 Passos para superar a Depressão

© 2015 criado com Wix.com

Rua Marechal Castelo Branco, 98 - Missal /PR 

 

Todos os direitos reservados à Alice Follman - O Estudo da Mente