Valorizando o SER. O ser humano que é você



Em toda a recuperação há um Começo, Meio e Fim.


Como foi o começo para você?


Pense e analise o que aconteceu com você:


Você pode se consolar pensando no fato de que você já começou o processo de recuperação, lembrando-se de que existe um fim e que não está longe como parece no momento. Estou falando de superação da depressão.


“Vivemos a maior parte do tempo, no Piloto Automático”, nosso Inconsciente nos comanda. Tudo depende do que programamos nele. E se ele estiver repleto de boas programações, é excelente. Então ele vai realizando boas coisas, e neste caso com um pouco de esforços conseguimos grandes resultados. Mas, se ele estiver programado para o negativo, cheio de crenças negativas, de “nãos”, medos, traumas, retraimentos, complexos de menos valia, complexos de inferioridade... Como podemos esperar que ele nos torne feliz e saudável, animado e disposto, capaz de prosperar e superar limites?


Quanto mais consciência nós tivermos sobre a nossa vida e da forma como estamos vivendo, sabendo ponderar, menos sujeito a depressão estaremos.


Se não tomamos consciência dos nossos pensamentos automáticos negativos, deixando a mente solta, sem controle, criamos em nós grandes danos psicológicos. Essa falta de consciência faz a gente viver e deixar a vida passar inconscientemente. E esta inconsciência é o grande mal da humanidade. Devemos ficar atentos as nossas atitudes e a nossos comportamentos. Dependendo da forma como entendemos e compreendemos as coisas a nossa vida se molda.


Veja como funciona: Alguém nos ofende, os negócios não deram certo, os filhos não obedecem... Automaticamente se criam pensamentos derrotistas que nos perseguem dia e noite, não conseguimos nos desligar deles. Tiram a nossa paz e harmonia, destroem nosso entusiasmo e nossa autoestima vai embora.


Precisamos estar conscientes no aqui e agora, ou seja, viver atento, atento a tudo que se passa em nossa mente e em nossa volta, começar a tomar a boleia na nossa mão e conduzir a nossa vida, conduzir o nosso ônibus e não ficar sentado no assento de passageiro e deixar que os outros nos levem aonde eles querem. Este é o Segredo!


Dessa forma tenho consciência, sei o que penso, paro e observo em que penso, sei o que faço. Faço isso a toda hora, a todo o momento. Monitoro a minha mente.


Se os pensamentos que tenho não me agradam, despeço-os. Deixo-os ir, como uma pluma passando sendo levada pelo vento e desaparece no universo.


Crio outros pensamentos: Novos, diferentes, agradáveis e positivos. “Eu sei”, a minha mente não fica sem pensar. Usa a capacidade de criação: isso faz a diferença, interrompo o processo negativo. Corto a corrente. Assumo o comando. Este é o primeiro e decisivo passo para evitar a depressão exógena (que vem de fora para dentro) para cura-se e harmonizar-se.

Devemos ser donos dos nossos pensamentos e não escravos deles.


Leia aqui Como diferenciar os 3 tipos de depressão e onde buscar ajuda.


Segundo os estudiosos e pesquisadores, quem manda os comandos para inconsciente é o consciente. O inconsciente armazena os comandos e os executa bobamente. Sem distinção, se são positivos ou negativos, se são benéficos ou não. Somos influenciados pelo inconsciente a maior parte da nossa vida. Dizem que não chega a 10% as influencias do consciente. Mesmo assim, sem ser bem monitorados é o suficiente para nos reprogramarmos positivamente. Que maravilha!!


Leia aqui O pode da mente consciente.

Leia aqui O subsconsciente move a vida.


E a maioria usa bem menos disso, por isso conseguem tão pouco em suas vidas. Vivendo bem abaixo de suas possibilidades, a maioria das pessoas nasceram para serem mais do que estão sendo. Não acreditam no seu potencial.


Podemos com certeza fazer grandes feitos e maravilhas. Sabemos que as leis da mente são perfeitas e poderosas, basta explora-las. Recebemos do universo o que imitimos. Se imitirmos coisas positivas receberão coisas positivas. Se imitirmos coisas negativas receberão coisas negativas. É a lei da atração atuando, recebemos mais do mesmo.


Devemos cuidar o que programamos na nossa mente. O retorno virá. Nosso inconsciente é nosso funcionário trabalhando 24 horas por dia por nós.


Se todas as pessoas entendessem de que a nossa saúde começa pela mente, tomariam algumas atitudes.


A mente é programável, devemos orienta-la a nosso favor. E a forma de programar é através dos nossos desejos, os desejos são ordens e nossos sonhos e objetivos se transformarão em realidade.


Por exemplo: Tendo um desejo forte, que neste caso é superar a depressão, praticando a consciência do aqui e agora, a gente será vitorioso. E acima de tudo, saudável. Um ser completo de corpo e alma.


Valorizando o ser humano, o ser que somos nós, para que isso aconteça você tem que ter um projeto grande de vida. Isso vale para qualquer pessoa até para quem já passou por um processo de depressão. E para quem conseguiu superar vale mais ainda.


Definir o que eu quero na vida, ou eu quero apenas passar por este mundo apenas por passar, não ter um propósito definido. Não? Aí é que está, devemos ter um propósito. Se você tem um propósito de ajudar as pessoas. Que bom! Por que fazer o bem faz muito bem.


Quando você ajuda as outras pessoas você está se ajudando também, por que afinal de contas, temos que melhorar a cada dia e cada vez mais. Mudar nossa visão do mundo, compreender que tudo está interligado, nada é isolado, inclusive quem veio do meio empresarial; nós tivemos no mundo as diversas eras da evolução da humanidade.

Esta matéria te ajudou? Cadastre-se agora gratuitamente e receba em seu email avisos de novas matérias sobre o assunto.




Depois da era industrial nós já estamos vivendo a era do conhecimento das novas tecnologias da informação e da comunicação que é uma grande revolução que onde o principal capital das empresas é o capital intelectual é o conhecimento.


As coisas são tão rápidas que nós estamos na era do conhecimento e já estamos entrando na era chamada era da sabedoria, do “home sapiens frater”, diz a Dra. Eleanor Luz. A era da sabedoria, onde o ser humano vai voltar a sua essência, vai voltar a resgatar aquele ser humano que se preocupa com o todo.


Na era industrial principalmente devida a chamada visão cartesiana do mundo se separou razão, emoção e espirito, se separou tudo isso, agora na era da sabedoria nós vamos cada vez mais adentrar numa era que vai resgatar o ser humano como um todo, como parte do universo, ou seja, nada é isolado.


Na era industrial se falava muito, a vida pessoal é uma coisa, vida espiritual é outra e negócios não se misturam com mais nada.


Na verdade estamos vendo que nada disso é isolado, então o ser humano tem que tratar seu desenvolvimento pessoal, profissional e espiritual tudo em conjunto, uma pessoa não pode dizer, ah eu sou feliz só na área pessoal, mas sou infeliz na minha área profissional e enfim, não tenho nenhuma atividade, nenhuma ligação com a área espiritual, então essa integração do ser humano como um todo é o grande diferencial.


A grande característica dessa nova era que é a era da sabedoria é que devemos nos focar na sabedoria para superar a depressão e depois para sermos felizes precisamos resgatar essa sabedoria que é a sabedoria de ser feliz, hoje agora, não dependendo de ah quando eu tiver isso, ou aquilo, não é assim que funciona, você tem que ser feliz hoje, agora, agora é o momento para ser feliz.


Hoje na nossa sociedade falar de felicidade é um grande engano, se só focamos na busca de bens materiais, eu não quero enganar ninguém, ou convencer ninguém, e nem colocar nenhuma teoria, enfim, mas realmente essa busca desenfreada só por bens matérias tem levado muita gente a entrar em depressão, ou seja, quando a pessoa perde os bens materiais, se o sentido da vida dela é só bem materiais, muitas vezes a pessoa perde esse chão dela, que é só os bens materiais, se a base dela for só isso, quando perde entra em depressão, sente que perdeu tudo, que acabou tudo, isso é uma das questões fundamentais na vida de qualquer pessoa, seja você que já passou por depressão, ou não passou ainda.


Existem estudos que dizem que há muita gente que ainda vai passar por depressão em alguma fase da sua vida. Você que é jovem hoje já tem que se prevenir por que em uma fase ou outra da vida, muito provavelmente as pessoas vão passar por um tipo de depressão, então é necessário que façamos a educação inclusive com os jovens hoje para que não coloque a base de suas vidas apenas nos bens matérias, apenas em coisas físicas, digamos assim, mas que tenham algo a mais em sua vida, uma coisa maior e quando você tem um objetivo maior em sua vida, você consegue inclusive passar melhor por situações difíceis e até inclusive superar a depressão.


Quando você tem um propósito definido de vida que não seja só buscar e adquirir bens materiais, seja feliz, não fique adiando, ah eu vou ser feliz quando eu ganhar na mega sena, vou ser feliz quando isso, quando aquilo, quando eu comprar tal carro, quando eu comprar tal casa, o tal apartamento, ou quando eu conquistar tal pessoa, enfim, colocar a sua felicidade dependente de coisas, não podemos ficar dependendo de coisas para sermos felizes, precisamos ser feliz hoje, agora.


Esta matéria te ajudou? Cadastre-se agora gratuitamente e receba em seu email avisos de novas matérias sobre o assunto.



Complemente a sua busca, a sua valorização, assistindo ao vídeo que gravei:


Compartilhe esta matéria com seus amigos, eles irão gostar também. ;)


Profissional de Terapia Holística, Parapsicóloga Alice Follmann

Sou palestrante, parapsicóloga...

Sobre Alice Follmann
Receba atualizações

Você receberá um e-mail para confirmação!

Posts Destacados
Posts Recentes
Siga
  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
  • YouTube - Black Circle
Procure pelos Tags
EbooK Gratuito Em busca da vida 4 Passos para superar a Depressão

© 2015 criado com Wix.com

Rua Marechal Castelo Branco, 98 - Missal /PR 

 

Todos os direitos reservados à Alice Follman - O Estudo da Mente